venerdì 11 giugno 2010

AMPLIAMENTO DATI PORTALE RICERCHE FAMILIARI


Il servizio di RICERCHE FAMILIARI è un importante strumento che l'organizzazione "Lombardi Nel Mondo" mette a disposizione tramite internet e che consente gratuitamente, tramite una semplice registrazione, l'accesso a diverse fonti di dati.

Al momento sono disponibili il database Liste di Leva, pubblicato con la collaborazione dell'Archivio di Stato di Mantova, il database delle persone registrate all'arrivo al porto di Buenos Aires (fonte CEMLA, dati organizzati dall' Associazione Mantovani nel Mondo onlus), il database dell'Archivio di Stato di Como ed il database dell'Archivio di Stato di Milano.

Da maggio 2010 stiamo lavorando per rendere disponibili anche gli elenchi di nominativi di altri Archivi di Stato (in primis Cremona e Pavia) presenti nella Regione Lombardia, allargando di fatto il servizio a tutta la popolazione lombarda ed in particolare a tutti gli emigrati lombardi che intendano fare richiesta di cittadinanza in Italia. Infatti il servizio è un valido aiuto per individuare propri discendenti italiani, ed in particolare lombardi, ma soprattutto, grazie alla gratuità che la nostra organizzazione mette a disposizione, per combattere la speculazione di cui spesso, i nostri concittadini all'estero, sono vittime, dovendo sottostare a richieste economiche, spesso eccessive, per trovare le informazioni utili in Italia. Il servizio è disponibile grazie all'impegno e alla sensibilità che da anni l'ASSOCIAZIONE MANTOVANI NEL MONDO ONLUS (editore del portale www.lombardinelmondo.org) ha nei confronti dell'immigrazione, ma anche grazie ai diversi finanziamenti della REGIONE LOMBARDIA.

lunedì 8 marzo 2010

INFORMACOES BASICAS PESQUISAS PROVINCIA DI MANTOVA

Para os requerentes notícias e informaçoes dos parentes originários
da Região de Mantova, precisamos o seguinte:

A “Associazione Mantovani nel Mondo” oferece assistência para encontrar os documentos de Registo Civil, necessarios para conseguir a cidadania italiana, nos Arquivos do Estado, nas Prefeituras, nas Curias, Paróquias e outros Entes e Cartórios italianos da Região de Mantova.
A assistênçia é gratuita, de acordo com as regras do estatuto da “Associazione Mantovani nel Mondo”, fora as despesas vivas e as eventuais taxas requeridas dos vários cartórios de acordo com a lei italiana.
As pesquisas serão feitas exclusivamente depois que o requerente terá preenchido e assinado o modelo de assisténcia. Faltando este modelo não será possível, por lei, efetuar ou requerer as certificaçoes.

Para não perder energias inutilmente nós pedimos para ler atentamente a seguinte explicação para ver como e onde encontrar as informaçoes, no caso alguem queira pesquisar pessoalmente.

Notícias pertencentes exclusivamente da Região de Mantova
- Muitos emigrantes (principalmente nos países da America do Sul), descendentes de cidadãos nascidos na Italia, freqüentemente peçam informaçoes aos Escritórios de Registo Civil das várias Prefeituras ou aos Arquivos, com o propósito de encontrar a documentação necessária para demostrar a origem italiana e obter a cidadania "iure sanguinis". - A maior parte dos requerentes não conhecem a Prefeitura exata de nascimento dos antepassados: neste caso é essencial fornecer:
(1) Apelido e nome do ascendente, data de nascimento ou apenas o ano , nome do pai e nome da mãe, para fazer uma pesquisa no Arquivo do Estado, nas listas do Serviço Militar da região inteira, que começa desde 1847 como ano de nascimento.
- Os dados das listas do Serviço Militar da Região de Mantova foram inseridos em um banco de dados informatizado no Arquivo do Estrado, que permite de encontrar, na maioria dos casos, a Prefeitura de nascimento do antepassado.

Efetuado o pedido:
- Se a pessoa nasceu depois de 1871, o Arquivo do Estado envia o pedido para a Prefeitura da Cidade de nascimento , enquanto dando conhecimento ao solicitante. Aquela Prefeitura dará a certificação diretamente ao solicitante.
- Se a pessoa nasceu antes de 1871, o Arquivo do Estado passa o pedido para o Arquivo Histórico Diocesano, incluindo a fotocópia dos dados com a indicação da Prefeitura de nascimento.
O Arquivo Histórico Diocesano pede para os Párocos da Prefeitura de nascimento de encontrar o ato e enviar-lo ao Arquivo Histórico Diocesano em três copias, para a autenticação necessária da Cúria. O ato autenticado é enviado ao solicitante.
- Caso a pessoa seja de sexo feminino e não seja conhecido o lugar de nascimento, a pesquisa não é possível através das listas do Serviço Militar, que só inclui a população masculina. É necessário fornecer mais informaçoes que os solicitantes quase nunca possuem: nestes casos é praticamente impossível fornecer notícias ou documentos.
Além disso, o território da região de Mantova tem, e teve no passado, histórias diferentes:
- a anexação em anos diferentes na Unidade da Itália causou diversificações entre as documentações dos registros que variam entre 1866 a 1871.
- muitas Prefeituras fronteiriças com a região de Cremona, mesmo sendo atualmente na região de Mantova, eles pertencem à Diocese de Cremona; infelizmente não tem nenhum acordo específico de colaboração com esta Diocese, como aquela entre os Arquivos da cidade de Mantova.